quinta-feira, 14 de junho de 2018

Vai Brasil!!!



E vai começar mais uma Copa do Mundo, uma de minhas mais antigas paixões na vida. Desde que me entendo por gente...e isso vem lá de 1978 (Copa da Argentina ou a “Copa do Peru”) eu venho acompanhando as edições deste torneio que, muito mais do que futebol, é um congraçamento de povos dos mais diversos da Terra.

Ouço discursos de coxinhas e mortadelas dizendo que: “Enquanto você torce na Copa, os corruptos vão te roubando” ou “Os verdadeiros heróis são os professores e não os jogadores”...quer saber? Estou pouco me lixando para esses comentários. Se eu torcer ou não pela seleção, os políticos vão continuar nos roubando (não é deixando de torcer que vamos combater isso), sem da importância dos professores e de todos os profissionais que constroem esse País. Sou “Pacheco” sim, sou “ufanista” sim, torço pela seleção brasileira acima de todos os problemas.

Não uso o meu amor pela seleção como “moeda de troca” política ou emocional, tenho uma paixão por esta camisa que foi herdada de meu pai e em nome dessa paixão, eu vibro, sofro, sorrio e choro como qualquer apaixonado deve fazer. Não me importo com quem não gota de uma Copa do Mundo, eu rezo por essas pessoas, o que eu quero é curtir esse evento do mesmo jeito que venho fazendo nos últimos 40 anos.

Não é por isso que eu fecho os olhos para a corrupção que houve em 2014, pelos 7 x 1 sofridos, por nada disso. Minha paixão não me cega ela apenas me faz ser feliz a cada 4 anos, com um espetáculo de cores, culturas, sorrisos e arte. Quero aproveitar esses 30 dias de união de povos, sem guerras, sem brigas (assim espero), apenas com alegria e com talento...dentro e fora de campo.

Me julguem se quiserem, não me importo, eu só quero é torcer pela seleção brasileira, curtir seus jogos e, se possível, erguer pela sexta vez a taça de Campeão do Mundo de Futebol. Confesso que estarei com cara de “Canarinho Pistola” (mascote da CBF), bolado, mas torcendo e acompanhando a seleção.

Ah que saudade que eu estava!!!

Athletico com H Maiúsculo!!!

Só o athleticano sabe o que sentiu na hora H no primeiro dia com a nova/velha grafia do nome. E ele, somente ele merece a grande festa pel...