domingo, 5 de setembro de 2010

Quadrilha presa no MS...


Na madrugada de 31 de agosto para 1º de Setembro do ano de 2010, o Prefeito Ari Artuzi foi preso temporariamente pela Polícia Federal, na Operação Uragano...

Artuzi foi acusado de chefiar um esquema de fraude em licitações para desviar dinheiro público. Segundo estimativas feitas por Eleandro Passaia, autor da denúncia (Que era secretário de Governo), Artuzi recebia em torno de 500 mil reais pr mês...

Junto com Artuzi, foram presos o vice-prefeito Carlinhos Cantor, o presidente da Câmara Municipal de Dourados Sidilei Alves, junto com mais 8 dos 12 vereadores da cidade, 4 secretários municipais, o procurador do município, a primeira dama, empreiteiros, prestadores de serviço e servidores públicos....

Apesar das gravações que mostram Artuzi recebendo dinheiro, a defesa do prefeito alega que não há provas do recebimento de propina...

O prefeito já vinha sendo investigado fazia um certo tempo e somente após a iniciativa do secretário de Governo (Que gravou todas as propinas que foram recebidas, as ligações e as imagens, tudo com orientação da PF), foi possível prender toda a "Gang" que se instalou na administraçao pública d Dourados...

O prefeito preso é do PDT..e já foi vereador, deputado estadual...

4 comentários:

Antonio Pedro disse...

Thomaz
Que quadrilha essa de Dourados, heim? Parece inacreditável, mas só possivel porque um de dentro resolveu falar.Espero que não acabe tudo em Pizza!
Abraços

Marcia Rossy disse...

Thomaz
Isso é um escandalo!
Beijos

Thomaz Campos disse...

Meu caro Antonio...

Nada mais é "Inacreditável" no que diz respeito a política nesse País...

Eu também espero que tudo isso não cabe em Pizza...

Abração!!!

Thomaz Campos disse...

Marcia...

Ponha escândalo nisso..é uma patifaria sem tamanho!!!

Beijos!!!

Parada!!!

Amigos do blog..devidos a questões pessoais, vou dar uma parada nas postagens aqui da página...quem sabe eu volte a escrever em breve!!!