quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Público privatizado..

Uma das coisas mais irritantes da política brasileira é a capacidade que nossos políticos possuem de "confundir" o que é público e o que é privado. Muito se fala sobre as privatizações, a venda de empresas estatais para a iniciativa privada, ok, isso é discutível, apesar de não ser favorável ao inchaço da máquina pública, respeito os que são contrários às privatizações. O que me deixa indignado é que, essas mesmas pessoas (com exceções, obviamente) não se colocam contrárias aos políticos que usam seus mandatos para servir aos seus interesses particulares.

E nesse período eleitoral a coisa fica mais escancarada, pois alguns parlamentares se utilizam de seus "assessores" para que os mesmos façam campanha eleitoral em horário que deveriam servir aos interesses públicos dos mandatos para qual trabalham. Um assessor parlamentar não deveria ser um "funcionário" do parlamentar, afina de contas, que paga o salário dessas pessoas somos nós, através de impostos (cada vez mais fortes). Vejo nas redes sociais uma série de "assessores" que ficam o tempo inteiro dedicado a atacar adversários políticos, utilizando de "fakes" para ficar o tempo inteiro publicando calúnias ou simplesmente xingando os adversários de seu "patrão"

Sei de algumas dessas criaturas e se eu sei, a polícia também sabe. Creio que deveria haver uma fiscalização maior em cima desses "assessores" para que façam o trabalho pelo qual a sociedade os paga.

Nenhum comentário:

Entre o Medo e a Covardia

Estava pesquisando um trabalho na internet e me deparei com uma frase do líder indiano  Mahatma Gandhi  e que me fez refletir bastante, pri...