sábado, 27 de novembro de 2010

Quem tem dinheiro???

A atual administração do governo do Paraná garantiu que vai pagar em dia o 13.º salário dos servidores públicos e negou que haja problemas de caixa como foi divulgado pela equipe de transição do governador eleito, Beto Richa (PSDB). Segundo os membros grupo que assume em janeiro, as antecipações de receitas e outras medidas no final da gestão de Orlando Pessuti  podem provocar um déficit de até R$ 1,5 bilhão nas contas do estado em 2011...

Em uma coletiva ontem, integrantes do primeiro escalão de Pessuti afirmaram que a situação orçamentária do Paraná está sob controle. Eles ironizaram as críticas feitas na quarta-feira por aqueles que apelidaram de “Meninos do Beto”...

O secretário de Planejamento do governo estadual, Allan Jones, rebateu as acusações de descontrole fiscal e disse acreditar que houve erros de interpretação dos dados. “O estado tem um horizonte de 399 municípios. É algo assustador para pessoas que estão vindo do território de um município.”

Ele acusou ainda o grupo do governador eleito de tentar criar um factoide em relação as contas do estado para fugir da responsabilidade de executar as propostas eleitorais. “A gente tem de entender que, prevendo a dificuldade de cumprir as promessas de campanha, eles queiram passar a imagem de terra arrasada


Somados estes valores a cerca de R$ 1 bilhão que existe em caixa, haveria R$ 4,5 para serem administrados até o fim do ano, quase duas vezes o valor da despesa de pessoal. “Quero garantir o pagamento dos salários e do 13.º a todo o funcionalismo estadual”, disse a secretária da Administração, Maria Marta Lunardon.


O coordenador da Secretaria da Fazenda, César Ferreira, fez questão de destacar que o governo estadual não está antecipando arrecadação de ICMS da Copel, como chegou a falar o coordenador da equipe de transição de Richa, Homero Giacomini. “A Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe que se antecipe receita”, falou Ferreira. A equipe de transição tucana manteve as críticas e a previsão de déficit de R$ 1,5 bilhão em 2011.

A tucanada afirma que o déficit de R$ 1,5 bilhão em 2011 é real...

Essa jogo de empurra mostra que a transição, que parecia ser tranquila, começa a dar sinais de que vai esquentar ainda mais o jogo sucessório no Paraná, quem esperava que Pessuti fosse um adversário mais elegante, se enganou, Pessutão acabou sendo mais dificil e complicado do que o se pensou sobre "Nosso Líder"!!!

Nenhum comentário:

Parada!!!

Amigos do blog..devidos a questões pessoais, vou dar uma parada nas postagens aqui da página...quem sabe eu volte a escrever em breve!!!