sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

A "Febre" Bullying...


Esse é um assunto que frequentemente está em evidência hoje, talvez pelo maior alcance das redes sociais, talvez porque as pessoas tenham se preocupado mais em denunciar, enfim, motivos não faltam para se tocar no assunto...

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas, sem dar a chance dessas vitimas poderem se defender.

 O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato e se explicita de maneira muito forte durante o período escolar, onde adolescentes e crianças acabam convivendo por mais tempo juntas, o que permite a formação de pequenos grupos e também onde fica bem mais evidente as diferenças existentes em cada um, bem como, as suas fraquezas...


De acordo com Cléo Fante, educadora e autora do livro Fenômeno Bullying: Como Prevenir a Violência nas Escolas e Educar para a Paz "É uma das formas de violência que mais cresce no mundo"


 Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa....


Outro fator que contribue de forma significativa para o crescimento do Bullying, se deve ao crescimento do acesso a internet, principalmente nas Redes Sociais, o que inclusive gerou o termo "Cyber Bullying", que são os casos de difamações, agressões e até ameaças feitas pela internet, que ofende e fere quem é vitima dessa prática que eu, particularmente, considero criminosa...


Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podesm apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio...

Essa é uma pratica muito perigosa, pais, professores e gestores educacionais devem ficar atentos a isso, coibir e inibir essa prática, passando a mensagem de que vivemos em uma sociedade onde deve prevalecer o respeito ao cidadão, as diferenças e as características de cada individuo, em uma sociedade onde prevaleça a cultura do respeito, esse tipo de prática é bem menor do que a que vemos hoje em dia...

Nenhum comentário:

Frase do Dia

"Est bonum, doceat, si modo exercere quod docuit sit." ( É bom ensinar, desde que se pratique o que se ensina) Santo Inácio de ...