quarta-feira, 10 de maio de 2017

Quem Banca?


A minha querida Curitiba está recebendo uma frota de vários ônibus, numa verdadeira ação de guerra para levar "apoio" ao "Messias da Propina Brasileira", o ex presidente Lula,  em seu depoimento perante o juiz Moro, no caso do famigerado "Triplex".

Recebi vídeos através da redes sociais de que desses ônibus, desceram algumas pessoas que falavam espanhol, esses militantes seriam bolivianos e teriam sido "recrutados" nas fronteiras que temos com o País vizinho.

Não sei dizer ao certo se essa informação é procedente, mas o que me chama atenção é a seguinte indagação: Ônibus fretados para a capital das Araucárias? Para que? A resposta é simples, para criar um clima de "Revolta Popular", passar a impressão de que a sociedade está ao lado do ex-presidente. 

São verdadeiros "Guerrilheiros Contemporâneos" que estão dispostos ao combate físico, contra tudo e contra todos, até contra a policia,  para "defender" o réu Lula!!! 

Eu penso que chegamos quase ao patamar de uma Venezuela. Esses militantes esquerdóides querem afrontar todos aqueles que buscam as respostas das investigações da Lava Jato,, colocar pressão em cima da Operação. E desacreditar a própria investigação.

São mercenários, os bolivianos e os petistas que saíram dos mais variados lugares? Talvez não, podem existir militantes que acreditem que estão fazendo algo importante para o País, são adultos e possuem total liberdade de se manifestar (claro, dentro dos limites da civilidade e da legalidade). 

O que precisa ser rastreado é quem bancou a viagem deles. De onde vem tanto dinheiro? A operação Lava Jato chegou ao estágio em que está, justamente porque foram atrás de onde vinha o dinheiro. Rastreando isso, teremos a resposta de algumas questões: O motivo da "Institucionalização da propina", a gritaria toda pelo fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, enfim, apenas para começar.

Espero que Curitiba "sobreviva" ao dia de hoje (é apenas o primeiro depoimento de Lula, outros virão) e que a sociedade seja respeitada. Não é possível que tanto dinheiro tenha sido desviado, sem que os líderes desta corrupção paguem por esse assalto ao erário público. mas até que isso aconteça, uma pergunta se faz necessária:

Quem Banca?

Nenhum comentário:

Entre o Medo e a Covardia

Estava pesquisando um trabalho na internet e me deparei com uma frase do líder indiano  Mahatma Gandhi  e que me fez refletir bastante, pri...