terça-feira, 18 de novembro de 2008

Reflexos da crise

Paulo Sérgio da Silva, de 36 anos, operador da corretora Itaú, deu um tiro no peito por volta das 15h30, durante o pregão, no prédio da antiga BM&F, no centro de São Paulo. O operador foi encaminhado para a Santa Casa de São Paulo e seu estado é grave.

Segundo a assessoria de imprensa da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que opera com a BM&F desde junho, nem o pregão viva-voz, nem o pregão eletrônico foram suspensos.

Quando estorou a crise da bolsa de Nova York, em 1929, muitos operadores e investidores se suicidaram...espero que isso não volte a acontecer na atual crise!!!

Nenhum comentário:

Fascismo

Escrevi este texto em 2015, falando sobre o conceito de "Fascismo", como continuo percebendo que a "confusão" continua,...