quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O Dilema de Gustavo

Quem me conhece sabe o quanto prezo, respeito e tenho amizade pelo prefeito de Curitiba Gustavo Fruet/PDT e, em função disso, gostaria de tecer alguns comentários à respeito da participação do prefeito nas eleições de outubro deste ano. Sabemos dos compromissos políticos de Gustavo com a senadora Gleisi Hoffmann/PT candidata ao governo do estado e de quem, Gustavo recebeu apoio para sua eleição em 2012 e de quem ele espera continuar recebendo em 2016.

Até ai não existe nenhum problema, é uma participação normal de um aliado, cujo o partido faz parte da coligação petista. Me chama a atenção é o cenário de um possível segundo turno entre o governador Beto Richa e o senador Roberto Requião (O que as pesquisas iniciais apresentam como uma tendência), pois a candidatura de Gleisi apresenta uma enorme dificuldade em "decolar" e deixa aberto o caminho para o confronto direto entre Richa e Requião.

Acontecendo isso...qual será a postura do prefeito Gustavo Fruet? Ele que já foi aliado de Requião e de Richa e que acabou tendo desavenças com ambos, desavenças essas que já protagonizaram ações explicitas de animosidades entre Gustavo e os candidatos em questão.

Pode parecer simples a decisão de Gustavo, basta permanecer neutro em um segundo turno entre Richa e Requião, mas a coisa é mais complexa que isso. Gustavo vai enfrentar um processo de reeleição muito duro daqui à dois anos, precisará mostrar muita força para permanecer no cargo de prefeito e não pode se dar ao luxo de "se fingir de morto" enquanto seus adversários usarão aliados de peso na capital no processo eleitoral desse ano. Ratinho Junior/PSC, Rafael Greca/PMDB são apenas alguns desses possíveis aliados de Richa e Requião, que usarão sua capilaridade eleitoral na capital para captar votos na disputa de outubro, o que pode ser um fator complicador para as pretensões de Gustavo em 2016.

Tudo esta no começo ainda, Gleisi pode crescer e se tornar competitiva à ponto de ir para o segundo turno, mas caso isso não aconteça, o dilema de Gustavo será muito grande até decidir o que fará em um segundo turno tão hostil para ele nessa eleição.

Vamos espiar...

Nenhum comentário:

Parada!!!

Amigos do blog..devidos a questões pessoais, vou dar uma parada nas postagens aqui da página...quem sabe eu volte a escrever em breve!!!