terça-feira, 19 de agosto de 2014

Para reflexão...

Eu tomei a liberdade de "chupar" aqui para o Blog a coluna da administradora de empresas, gestora cultural, empresária e minha amiga Dislene Freitas...o texto vale muito a pena para a reflexão de todos, sobre os caminhos de nossa sociedade...vale a leitura:

"Sociedade de imagens e miragens

Alguém sabe onde foi morar o bom senso? A criatura humana é,a princípio, a mais dotada, mais preparada entre as outras que também vivem nesse planeta, entretanto, a civilização nos atuais dias não sabe por que faz o que faz, nas redes sociais o fenômeno da doentia coletiva é visível e declarada.
Além da ausência do extinto bom senso, a deselegância, a incoerência é a cada dia cada vez mais vexatório, pouquíssimos são aqueles que têm a consciência de suas próprias mensagens e publicações, tudo é imediato e simultâneo, sem crivos, sem análises, sem compromisso de ser verdadeiro e útil de fato.
Todos falam ao mesmo tempo de si próprios, para si próprios, ninguém ouve ninguém, isso é comunicação? Para onde esse caminho vai seguir? A tecnologia e seu constante aprimoramento como as redes sociais são ferramentas poderosas que podem transformar o mundo num lugar melhor e mais feliz para o maior número de pessoas, mas o que vê é o desperdício de inteligência, de recursos de toda ordem para trivialidades?
Alguns se satisfazem com tolices, mas outros dedicam o seu tempo para implantar inverdades, incitar emoções que degradam e limitam o outro como si mesmo, é extrema importância antes de postar, de publicar, pensar, pensar profundamente se o que está indo ao ar para literalmente todo o mundo, serve para alguma coisa.
As fronteiras entre o que é íntimo, o que é pessoal se confundiu com o que é público, com que é coletivo, o que é prioridade, o que é essencial, raros sabem, praticamente todos os atos do cotidiano, os fatos da vida são projetados, digo escancarados, são lançados freneticamente, alguns querem convencer e se convencer que são felizes, outros que são ricos e bem sucedidos, qual é o motivo de tanta de exposição?
Tanta beleza, tanta potencialidade, desperdiçada, que tal antes de publicar, pensar? Pensar sobre a fonte e a veracidade das informações, pensar sobre a relevância delas.  Que tal mais realidade e menos virtualidade, onde está a disposição em viver, como diz a música: “… viver é melhor que sonhar…”.
Boa semana e que ela seja mais real, mais presencial, é um convite, vivamos mais…"

Nenhum comentário:

Parada!!!

Amigos do blog..devidos a questões pessoais, vou dar uma parada nas postagens aqui da página...quem sabe eu volte a escrever em breve!!!