quarta-feira, 6 de março de 2013

Depoimento de Curió



A Comissão da Verdade, instalada pela presidência da República para apurar crimes cometidos durante o regime militar, começa este mês a série de audiências com militares que participaram diretamente no combate a grupos subversivos.
O primeiro a ser ouvido será, nada mais nada menos, Sebastião Rodrigues de Moura, o Major Curió, um dos mais polêmicos personagens ligados ao regime ditatorial brasileiro. Convidado esta semana, ele aceitou depor para o grupo de trabalho em Brasília.
Em agosto passado, apesar da anistia ampla, Curió foi denunciado pelo MP Federal por sequestros e mortes de guerrilheiros no Araguaia (TO). 
A Justiça Federal do Pará acolheu ação do MPF contra Curió, por sequestro e morte de cinco guerrilheiros em 1973. O militar mora em Brasília, tem 78 anos, e apesar do título é tenente coronel da reserva do Exército. Foi ele quem comandou o combate à Guerrilha do Araguaia no inicio dos anos 1970.

Nenhum comentário:

Entre o Medo e a Covardia

Estava pesquisando um trabalho na internet e me deparei com uma frase do líder indiano  Mahatma Gandhi  e que me fez refletir bastante, pri...