segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

O que esperar?

O que, de fato, a renuncia de Bento XVI pode trazer de consequência para os rumos da igreja católica daqui para a frente? Joseph Ratzinger sempre foi um membro ligado a ala conservadora do alto clero da igreja. Virou cardeal no papado de Paulo VI em 1977, mas sempre foi um teórico e um ideólogo da igreja.

Mesmo com a idade avançada, foi eleito papa após a morte de João Paulo II (outro papa da ala conservadora, mas com um forte apelo popular, sendo adorado pelos fiéis da igreja pelo seu enorme carisma), é possível que tenham escolhido Ratzinger para um mandato "tampão", acreditando que o mesmo não suportaria muito tempo no trono de São Pedro.

O certo é que, a igreja vai precisar definir alguns pontos importantes de sua constituição daqui para frente. Será que teremos alguma mudança significativa em seus pensamentos? Bento XVI vinha trabalhando com muito afinco em muitas questões internas da igreja. Uma de suas últimas decisões, foi a de centralizar algumas ações da igreja em torno do Vaticano e não mais permitindo que as decisões fossem tomadas pelas congregações locais (o que ficou mais ou menos definido pelo concilio Vaticano II), o papa lançava uma encíclica quase que mensalmente, trabalhando duro em questões internas da igreja.

Vamos ver no que tudo isso vai dar....

Nenhum comentário:

O Juramento!!!

Meus amigos sabem o quanto me tornei Fã de "Game of Thrones", a espetacular série de TV do canal HBO. E dos inúmeros personagens/l...