terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Poema de carnaval

Madrugada fria, vazia..
Terra sem sono, sem sonho...
Paixão reprimida, acorrentada, ferida...
Cama arrumada, virada, sem vida!!!

Sentindo a falta, irrita..
Lembro da presença, que alivia...
Durmo, acordo, suspiro..
Pensamento viaja, te acha...

Sentir teu cheiro, deleite..
Sentir teu corpo, envolto..
Colados,deitados, amarrados...
Chuva que molha, refresca, seduz...

Hoje é dia de folia, harmonia..
Carnaval na avenida, alegria...
Vento soprando na janela, aberta...
Me levando à você, minha Vida!!!



Nenhum comentário:

Fascismo

Escrevi este texto em 2015, falando sobre o conceito de "Fascismo", como continuo percebendo que a "confusão" continua,...