quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

O rombo

O prefeito Gustavo Fruet completou o seu primeiro mês de mandato à frente da prefeitura de Curitiba e se deparou com um rombo gigantesco, bem maior daquilo que ele e sua equipe acreditavam existir. Os valores passam de 400 milhões em dívidas, fornecedores sem receber, cargos de confiança que precisavam ser substituídos mas os antigos ocupantes não quiseram sair, enfim, um "mar de rosas" para a atual gestão.

Fruet, é claro, não ficou parado nem calado, além de colocar sua equipe toda em ação, desandou a falar sobre aquilo que foi mantido em segredo durante várias gestões municipais e vem mostrando para a população da cidade que nem tudo era lindo nas gestões que o antecederam.

Terá sucesso a gestão de Fruet? Isso somente o tempo poderá dizer, mas uma coisa já podemos constatar, sua marca de transparência e dialogo foram colocadas em prática desde o primeiro dia à frente do executivo municipal e já serviram e muito, para que os serviços da prefeitura não parassem, caso contrário, os desmandos passados causariam uma letargia na administração da cidade, o que, convenhamos, de certa forma já vinha acontecendo.

Espero, sinceramente, como curitibano de adoção que sou, que Gustavo tenha sucesso em seu mandato. Seu projeto é ambicioso e difícil  mas como todo bom progressista, seu projeto pensa lá na frente, não é algo de "retocar a maquiagem" da cidade.

Oxalá dê certo!!!

Nenhum comentário:

Frase do Dia

"Est bonum, doceat, si modo exercere quod docuit sit." ( É bom ensinar, desde que se pratique o que se ensina) Santo Inácio de ...